Arquivo da tag: ONG Banco de Alimentos

Jan/10 – ONG Banco de Alimentos – Revista Cláudia

Anúncios

Set/09- ONG Banco de Alimentos – Revista Expressão

03/09 – ONG Banco de Alimentos – Agência de Notícias da AIDS

Julho/09 – ONG Banco de Alimentos

24/04/09 – ONG Banco de Alimentos – Blog Gisele Bundchen

Gisele Bündchen Blog_ O desperdício que alimenta a fome

22/03/09 – ONG Banco de Alimentos – Responsabilidade Social

bancoalimentos_responsabilidadesocial

30/01/09 – ONG Banco de Alimentos – SPTV 1ª edição

Assista a matéria completa, clicando aqui.

ONG ajuda a distribuir alimentos

Uma pesquisa feita pela ONU em todo o Brasil mostrou que um terço dos alimentos comprados pelos consumidores vai para o lixo. É um desperdiço de comida que poderia estar no prato de pessoas pobres, de baixa renda.

Mas o que dá esperança é que várias ONGs trabalham para mudar esse comportamento. Elas recolhem alimentos onde sobram para distribuir para quem não tem. Há um exemplo na zona oeste da capital.

Para encher o carrinho são selecionadas frutas e verduras. Pena que nem tudo é consumido. “Eu esqueço o que tenho e esqueço de consumir. Sempre acabo comprando um pouquinho a mais”, disse Tae Jung Chang, estilista.

“É importante que as pessoas tenham a consciência que o desperdício de alimento tem um impacto sobre ela, sobre a economia, sobre a sociedade e sobre o meio ambiente”, explicou Hélio Mattar, presidente da ONG Akatu.

Esse é um comportamento comum que sempre incomodou Luciana Quintão. Há uma década ela resolveu agir. Montou a Banco de Alimentos, uma organização não-governamental que recolhe de onde sobra e entrega onde falta.

“O procedimento é muito cuidadoso. Dá um pouco de trabalho, mas é perfeitamente executável. Nós promovemos ações educativas para que a fome diminua na origem, que é a mudança de habito da sociedade como um todo”, disse Luciana.

Todos os dias, os carros da ONG partem em direção aos doadores. A empresa no bairro no Jaguaré processa dez toneladas de frutas e verduras diariamente. Nem tudo passa pelo controle de qualidade, ou seja, não pode ser vendido pelas normas da empresa. Mas podem sim ser consumidos.

Em dez anos a ONG já recolheu 3,2 milhões de quilos de alimentos. São toneladas e toneladas de comida que antes iam para o lixo, mas que ganharam um destino bem mais nobre.

O alimento ajuda 51 instituições da capital, como abrigo no Sumaré, onde moram 17 crianças que viviam em situação de risco. As sacolas que chegam todos os dias garantem geladeira cheia e comida na mesa.

“Desde quando eles começaram a contribuir com a gente melhorou sensivelmente a parte nutricional e a diversidade”, disse Ivan Palma, coordenador pedagógico.

Vinte e duas mil pessoas são alimentadas graças ao trabalho da ONG, que recebe doações de 200 empresas. Todos os dias, são arrecadados cerca de 200 quilos de comida. Mas quem quiser ajudar pode procurar a ONG Banco de Alimentos.